Por que o formato da Amazon é melhor do que ePub

(Atualizado em: 31 de julho de 2015)

A Amazon vem desenvolvendo o seu próprio formato exclusivo para e-books durante os últimos seis anos. Ao contrário do ePub, a Amazon tem demonstrado a capacidade de introduzir novas funcionalidades ao seu formato digital, sem que para isto tenha que aguardar pela aprovação de um organismo de normatização.

E está claro que a Amazon está vencendo a corrida de vendas de eBooks. Nos Estados Unidos sua penetração é de mais de 75% do mercado e isto se deve principalmente ao fato da empresa ter controle sobre seu próprio destino.

Quando a Amazon desenvolveu seu primeiro Kindle e-Reader, o ePub sequer existia. A fim de lançar seu Kindle e satisfazer um nascente ecossistema digital a empresa teve de desenvolver um padrão digital que estivesse em conformidade com a maioria dos softwares de leitura de então. Em vez de fazer isso independentemente, a Amazon comprou a Mobipocket em 2005 e aquele formato MOBI ainda é usado até hoje. A empresa, em seguida, começou a desenvolver os seus próprios formatos de livros, como o AZW e a mídia amigável KF8 .

Enquanto a Amazon estava construindo seu império de livros digitais todo o mercado estava em desordem. A Palm, a Microsoft, Sony, FictionBook e muitos outros estavam defendo a padronização. A vantagem que Amazon tinha sobre seus concorrentes é que a empresa do senhor Jeffrey Bezos vendia eBooks em seu site e possuía hardware de propriedade para entregar o conteúdo.

O formato ePub já existe há algum tempo. Geralmente desenvolvedores, editoras e empresas de tecnologia defendem a normalização. Porém, leva anos para se fazer qualquer coisa notável em tecnologia. Por exemplo, o ePub3 era para ser a solução para conteúdo multimídia e uma tentativa de entregar áudio, vídeo e elementos interativos. Mas o crescimento evolutivo da plataforma foi frustrado por uma coletividade de incompetentes que amam falar em conferências, mas muito pouco fazem. É por isso que a Apple vem dominando o mercado de livros multimídia com o seu software próprio iBooks Author.

Os formatos de e-book da Amazon dominam o mundo de língua inglesa e o ePub tende a levar vantagem em países como a Holanda e a Alemanha. Além disso, este formato é muito popular em países que têm uma tradição de pirataria digital, como a China e o Vietnã.

Os leitores ávidos são, de fato, as pessoas que alimentam o crescimento da Amazon. Eles certamente não se importam que formato de livro usam, eles simplesmente querem ler. Amazon (com seu farto orçamento e engenheiros brilhantes) está na posição para abrir caminho a inovação em um curto período de tempo. Isto possibilitou a implementação de tecnologias tais como X- Ray e Whispersync for Voice.



Comente