Kindle pré-venda: 3 coisas importantes para maximizar os benefícios

Uma das muitas vantagens que as grandes editoras têm sobre os autores independentes é que elas podem oferecer seus livros para pré-venda ou pré-lançamento. Isto lhes permite comercializar antecipadamente os livros e captar o interesse precoce dos leitores na forma de reservas e pedidos prévios.

Uma vez que o livro é lançado e os pedidos pendentes sejam concluídos, os algoritmos da Amazon potencialmente premiam o livro com um ranking de vendas que lhe dá ainda mais visibilidade (a posição ideal para um best seller). Sob circunstâncias perfeitas isso se torna cíclico e o livro continua a subir nos rankings da Amazon.

O Kindle Pré-venda dá aos autores independentes esta mesma capacidade, nivelando, assim, as condições de todos os autores.

Porém, antes de prosseguir, gostaria de salientar que o ebook a ser publicado deve estar em sua versão final ou um rascunho do manuscrito para que possa estar habilitado para pré-venda. A Amazon considera um rascunho do manuscrito como sendo:

“Normalmente, um rascunho do manuscrito seria algo como um livro completo que ainda pode precisar de edição de texto e revisão.”

3 coisas importantes

Se o rascunho de seu ebook se enquadra na definição acima, aqui estão as três coisas mais importantes a saber:

  • você deve submeter o seu ebook para aprovação, como faz normalmente;
  • sua versão final deve ser enviada para o KDP, pelo menos, 10 dias antes da data de lançamento. Assim, um lançamento para 19 de novembro requer que o livro seja publicado (ou enviado para o KDP) em 09 de novembro;
  • você pode programar a liberação com até 90 dias de antecedência.

Pré-lançamento de livros na Amazon

Algumas outras coisas a saber:

  • o ebook estará online à meia-noite, hora local, no dia que você selecionar;
  • somente ebooks novos estão elegíveis para esta opção de pré-venda;
  • ebooks de domínio público não estão elegíveis ;
  • as pré-vendas são relatadas imediatamente;
  • as vendas efetivamente concluídas são relatadas no dia do efetivo lançamento do ebook e os pagamentos de royalties seguem o calendário normal.

É evidente que esta não é a melhor opção para autores que têm prazos apertados ou para aqueles que não planejam comercializar pré-lançamentos.

Mas gosto de pensar nisso como uma recompensa por um bom planejamento. Em um futuro breve, talvez comecemos a ver mais autores independentes enfatizando este aspecto do processo de publicação de aproveitar pré-venda Kindle.



Comente