Entendendo ISBN

Muitos autores independentes me perguntam: “Preciso realmente gastar dinheiro com um ISBN?”

Vamos começar com o básico. ISBN significa Internacional Standard Book Number. É um sistema internacional de identificação de livros que atribui um identificador único para cada edição diferente e única de seu livro.

Por exemplo, se você publicar um livro em formato brochura e também uma versão capa dura do mesmo livro, então, você terá duas edições diferentes. Ter um ISBN único para cada versão do livro vai garantir que as pessoas que estejam procurando a versão brochura não encontre, por engano, a versão capa dura. Faz sentido, não faz?

Então, quantos são os formatos que você pode encontrar?

  • a versão impressa em formato brochura. Mesmo que uma edição em brochura seja impressa por mais de uma editora, em épocas diversas, assumindo que cada versão é exatamente a mesma, então considera-se apenas uma edição e você só precisará de um ISBN;
  • a versão capa dura é um outro formato e precisa de seu próprio ISBN;
  • ebooks. Podem apresentar 3 formatos diferentes, por isso, se você publicar o seu livro em um ou mais desses formatos, cada um vai exigir o seu próprio ISBN:

 

  1. Kindle (embora a Amazon não o exija, você pode atribuir um ISBN para a sua edição Kindle);
  2. ePub, o formato usado por quase todos os outros leitores de e-books;
  3. PDF, a versão Adobe de formato fixo que é usada para e-books didáticos, manuais e livros de arte.

 

Por exemplo, se você pretende publicar um livro chamado “O que é ISBN?” nos formatos brochura, capa dura, um Kindle, um ePub e uma versão em PDF, então, você precisará de 5 ISBN’s diferentes e únicos, um para cada versão.

Sua página de direitos autorais poderá apresentar algo assim (embora este exemplo seja um cenário bastante improvável):

  • Capa dura: ISBN 978-8-1234567-0-1
  • Brochura: ISBN 978-8-1234567-1-2
  • Kindle: ISBN 978-8-1234567-2-3
  • ePub: ISBN 978-8-1234567-3-4
  • PDF: ISBN 978-8-1234567-4-5

 

Por outro lado, se você quer publicar um livro e não planeja vendê-lo em livrarias ou só pretende vendê-lo à parte, de mão-em-mão ou em conferências, seminários etc ou se o seu livro se destina apenas a membros da família, então você não precisará de um ISBN.

Você pode obter um ISBN no site da Biblioteca Nacional, que emite todos os ISBN no Brasil.

Visite a tabela de preços dos serviços da BN relativos a ISBN.

A propósito, o código de barras que você vê na parte traseira dos livros impressos é simplesmente uma versão escaneável do ISBN.



Comente