Preparando os arquivos para conversão de um ebook de layout fixo

Preparando o arquivo para conversão de layout fixo

Se você está fornecendo conteúdo para que um designer profissional converta seu ebook de layout fixo, os formatos mais comuns a apresentar são PDF e InDesign. Se você tiver arquivos prontos para impressão pode-se trabalhar sobre eles, embora recomendemos que você leia a lista abaixo, que destaca alguns dos problemas que podem surgir com a conversão.

Se você estiver usando o InDesign ou um software similar para projetar arquivos especificamente para a conversão para formatos de layout fixo recomendamos seguir estas diretrizes de página:

  • Trabalhe em RGB em vez de CMYK
  • Se possível, utilize imagens de 300 dpi
  • Só use fontes que você tenha licença
  • Corte as páginas – não há necessidade de sangramento de página ou marcas de impressora
  • Assegure-se que todas as páginas são do mesmo tamanho
  • O manuscrito deve estar completo e finalizado (ou seja, todas as páginas dentro do arquivo) quando você enviar para a conversão.

Tamanhos das páginas

Muitas vezes nos perguntam qual o melhor tamanho de página para usar ao projetar livros a serem convertidos em ebooks de layout fixo. Esta é uma pergunta difícil de responder, pois a menos que o ebook esteja destinado a um único dispositivo (por exemplo, o tamanho total do iPad ou do Kindle Fire HDX 8.9) você vai precisar produzir arquivos que vão ficar bem em toda uma série de dispositivos de diferentes tamanhos e resoluções de tela. Como tablets e dispositivos eReader são geralmente menores do que os livros impressos é importante projetar seu livro para usar o máximo de exibições de tela disponíveis.

Os dois critérios mais importantes a ter em conta quando você configurar as suas páginas são:

  • Relação de aspecto da página (a relação entre a largura e a altura da página [paisagem] ou altura com a largura [retrato])
  • Dimensões da página (em pixels)

Relação de aspecto da página

Conversão de ebook de layout fixoHá muitos dispositivos diferentes que os leitores podem usar para ver o seu ebook. E nem todos os dispositivos têm o mesmo formato da tela (proporções entre lagura e altura de tela – veja a tabela abaixo).

O iPad (que é o tablet dominante em alguns mercados), tem uma forma (quadrada) de tela diferente da maioria dos outros tablets (ver imagem à direita). Se você tem como alvo os usuários do iPad como seus principais leitores, então você pode querer projetar suas páginas usando uma proporção de 4: 3.

Se você quiser produzir arquivos que se encaixam melhor para a exibição em outros dispositivos, então recomendamos que você trabalhe para uma proporção de 16: 9 (esta leva em conta a barra de menu que fica no topo de muitos dispositivos Android) ou 16:10.

Se o ebook contém páginas opostas duplas que idealmente são vistos no modo paisagem, faz sentido usar a forma página mais quadrada. Para caber duas páginas lado-a-lado em uma tela de proporção 16:9, configure-os para 8:9 (meia largura, altura integral) ou uma tela de 0810 1610. Com essa abordagem, você precisa estar ciente de que, se o leitor escolhe ver uma única página, em vez de duas páginas por vez (o que alguns dispositivos permitem fazer) então a única página não vai encher a altura e a largura da tela, pois a página é quase quadrada e a tela é retangular.

Dimensões das páginas

O tamanho de um display digital geralmente é medido usando pixels em vez de polegadas ou centímetros. A lista dos tamanhos de alguns dos tablets mais populares e dispositivos de leitura é apresentada na tabela abaixo.

É um erro pensar que tudo que você precisa fazer é fixar sua página para ter o mesmo tamanho de uma tela de iPad ou tela do Kindle Fire. A fim de criar arquivos que mantenham a qualidade e definição quando o leitor a amplia, tanto a Amazon e a Apple recomenda que você produza páginas maiores do que o tamanho real da tela.

A Amazon recomenda produzir arquivos que tenham o dobro do tamanho da tela do Kindle Fire para suportar zoom de 2x. Assim, com base nas dimensões da última versão do Kindle Fire HDX 8.9″ isso tornaria suas dimensões ideais de página como 5120 x 3200 pixels (página retrato completo) ou 3200 x 5120 pixels (página paisagem cheia) ou ainda 3200 x 2560 pixels (cada página de uma dupla de páginas).

Já última versão do Guia de iBooks da Apple recomenda que o conteúdo seja produzido com pelo menos 1,5 vezes o tamanho da tela, o que para o mais recente iPad Air estabeleceria as dimensões de página ideais em, pelo menos, 3072 x 2304 pixels (página retrato completo), ou 2304 x 3072 pixels (paisagem cheia de página) ou 2304 x 1536 pixels (cada página de um página dupla).

Proporção
Paisagem = largura:altura
Retrato = altura:largura

Tamanho da Tela (pixels)
Apple iPad 2 e 3 de 4: 3 (16:12) 2048 x 1536 pixels
Kindle Fire HDX 8.9 “16:10 2560 x 1600 pixels
Nook HD 16:10 1440 x 900 pixels
Kobo Arc7 HD 1920 x 1200 pixels 16:10
Samsung Galaxy Tab 3 8 “16:10 1280 x 800 pixels
Google Nexus 10 16:10 2560 × 1600 pixels

DPI / PPI

Como sua página vai ser configurada para dimensões de pixels específicas o DPI / PPI é um pouco irrelevante. No entanto, você deve garantir que todos os elementos gráficos que você incluir no seu arquivo estejam nítidas quando vistos em tamanho completo (recomendamos o uso de 300 dpi para imagens).

Resumo do tamanho de página

Dependendo do seu tempo, orçamento e objetivo você pode querer querer contratar a produção de um arquivo sob medida para a tela do iPad da Apple e um outro arquivo, menos quadrado, para os outros dispositivos.

Se você só quer produzir um arquivo único que se encaixe a todos os dispositivos, recomendamos que você use uma proporção de 16:9 ou 16:10, com o lado mais longo com, pelo menos, 3840 pixels.

Produzindo ebooks de layout fixo a partir do Word ou PowerPoint

Se você produziu seu livro no Microsoft Word ou no PowerPoint, recomendamos que você salve os arquivos como PDF’s e os utilize como base para a conversão em layout fixo. Na maioria dos aplicativos do MS Office, você pode simplesmente usar a opção “Arquivo > Salvar como” e salvar o arquivo como um PDF.

Produzindo ebooks de layout fixo a partir de livros impressos

Se você não tem acesso a uma versão digital do seu livro e só tem uma cópia física ainda assim pode ser possível convertê-lo em arquivo de ebook de layout fixo. O livro teria de ser digitalizado e, em seguida, re-produzido usando o InDesign (ou Word se o layout for muito simples). Depois deve-se converter para formatos de ebook.

Problemas comuns

Tamanho do texto em arquivos KF8

Como alguns dispositivos Kindle têm uma tela relativamente pequena e só pode exibir uma quantidade limitada de conteúdo de uma só vez, os melhores ebooks de layout fixo KF8 tendem a ser aqueles onde o conteúdo e, especialmente, o texto, não é muito pequeno. O KF8 oferece um recurso chamado de “ampliação de região” para dispositivos que não suportam o zoom da tela de toque, e isso permite que o leitor dê um duplo toque em áreas específicas da tela para ampliar uma região do conteúdo. Contudo, a “ampliação de região” não é adequada para todos os padrões de conteúdo.

A Amazon pode retirar da lista de layout fixo arquivos KF8 nos quais o texto seja menor que 4 mm de altura. Isto significa que se seu ebook é originalmente concebido para tamanho A4 ou Carta, qualquer conteúdo de texto que seja menor que 24 pt (no original) pode ser muito pequeno (menos de 4 mm), quando exibido em um dispositivo Kindle. Para estimar se o tamanho do texto pode causar algum problema você pode fazer o seguinte cálculo:

  • meça a altura do arquivo original ou livro em mm;
  • divida a altura por 28 (em um livro paisagem) ou por 41 (para um livro retrato). Esses números são explicados abaixo;
  • o resultado disso é a altura mínima (em mm) que o texto deve ter no seu arquivo original.

Assim, por exemplo um ebook em modo paisagem de 10 x 8 terá 200 milímetros de altura. Divida isso por 28 e você terá cerca de 7 mm. Isso significa que qualquer texto em seu livro original que seja inferior a 7 milímetros de altura pode ir contra a regra dos 4 milímetros da Amazon quando exibido em um dispositivo Kindle Fire.

Em outro exemplo, um ebook em modo retrato 8 x 10 terá 254 milímetros de altura. Divida isso por 41 e você terá cerca de 6 mm. Isso significa que qualquer texto em seu livro original que tenha menos que 6 milímetros de altura será inferior às dimensões da regra dos 4 milímetros, quando exibido em um dispositivo Kindle Fire.

Por que 28 e 41? As dimensões aproximadas da tela em um tablet Kindle Fire HD são de 110 mm no lado mais curto e 165 mm no lado mais longo. Se você dividir essas medidas por 4 você terá 28 e 41 (para a altura mínima de texto equivalente a 1/28 da altura da tela em modo paisagem e 1/41 a altura da tela em modo retrato).

Texto pop-up em arquivos KF8

Ao produzir arquivos que vão incluir texto pop-up é importante que você mantenha uma margem razoável entre o texto e a borda da página (recomendamos pelo menos 1 cm, quando vistos no tamanho da tela do dispositivo). Isso impedirá que os controles de tela embutida, em algum dispositivo, interfiram com a capacidade de ativar os leitores de texto pop-ups.

Usando fontes sem licença

Só use fontes que você tem uma licença para distribuir. Se você não tiver certeza, escolha fontes confiáveis, como Google Fonts ou Font Squirrel que são claramente rotulados como de livre distribuição. Se você tem uma fonte específica que você deseja usar para o seu ebook (e você tem a licença apropriada para uso), então a fonte pode ser incorporada.

A numeração de páginas

Se você estiver adicionando números de páginas recomendamos o uso de um formato simples (como, por exemplo: 1, 2, 3, etc) com a página 2 sendo a primeira página após a capa. Algumas livrarias online e distribuidores podem rejeitar ebooks que usam um sistema de numeração diferente (como algarismos romanos para elementos pré-textuais). Isto é porque os números em páginas podem não coincidir com os números gerados pelo dispositivo de leitura ou com os próprios softwares ou aplicativos de leitura dessas livrarias ou distribuidores.



Comente