Escolhendo uma plataforma de publicação

“Que plataforma você deve utilizar quando desejar publicar seu ebook de modo independente?”

E “como você deve selecionar a melhor plataforma de publicação para o seu livro digital?”

Uma simples busca na Internet por respostas a estas duas perguntas pode resultar em mais de 11 milhões de páginas de resultados no Google. Por isso, todo o processo pelo qual os ebooks são criados e distribuídos pode parecer complexo e confuso.

O panorama da auto-publicação está mudando muito rapidamente. Qualquer pesquisa nunca pode, portanto, ser completa, mas apenas um instantâneo do mercado editorial online em um dado momento.

Vou começar com as maiores e mais conhecidas empresas de auto-publicação e que moldaram os mercados de edição de ebooks.

Por favor, observe que, neste contexto, refiro-me apenas a ebooks e não a serviços para livros impressos auto-publicados.

Os diferentes tipos de ebooks

Ebooks podem ser vendidos e distribuídos através de aplicativos ou por meio de sites. Mas quando se trata de auto-publicação os 3 principais formatos de ebooks são:

Kindle. O formato Kindle é usado exclusivamente pelo Amazon KDP (Kindle Direct Publishing) para carregar ebooks para as lojas Amazon Kindle. Por esta razão, arquivos do Kindle não podem (em tese) ser vendidos diretamente em seu site.

ePUB. O ePUB foi escolhido pelo International Digital Publishing Forum como o formato padrão global. Ele é suportado por leitores iBook, da Apple, Saraiva/Kobo eReader e muitos outros. Você pode criar arquivos de formato ePUB usando um software como, por exemplo, o Calibre.

PDF. PDF significa Portable Document Format e é projetado para bloquear o layout de um documento para que ele possa ser compartilhado, mas não editado. A maioria dos pacotes de software de processamento de texto permitem que você salve o documento como um arquivo PDF.

Formas de vender ebooks

Existem 3 formas de vender seu ebook:

  • em seu próprio site;
  • através de uma livraria online;
  • usando um agregador que distribui o seu conteúdo digital em troca de uma comissão sob seus royalties de venda.

As vantagens de vender seu ebook a partir do seu próprio site.

  • Você pode criar uma versão em PDF do seu manuscrito inteiro e torná-lo disponível para venda a partir do seu site em minutos;
  • Você pode criar um arquivo PDF simples e, em seguida, oferecê-lo para download gratuito através uma ferramenta promocional. Talvez os três primeiros capítulos de seu livro;
  • É fácil de configurar um sistema de pagamentos em seu site. Existem várias empresas que oferecem serviços para lidar com as transações financeiras e gerenciar os pedidos de download e de entrega por uma pequena comissão. Os mais conhecidos são: Paypal e PagSeguro.

As desvantagens de vender seu ebook a partir do seu site.

  • Ser encontrado. Os leitores precisam saber que seu ebook existe antes que possam comprá-lo. Então, você precisa ter um grande número de visitantes no site para gerar vendas;
  • Você precisa conhecer o seu público-alvo. Se os leitores formam um grupo de nicho (que vem ao seu site porque apreciam seu trabalho como escritor), então eles podem comprar o seu livro para ler em ePUB ou PDF. Porém, outros leitores podem preferir navegar em sites de varejo online como a Amazon;
  • Os leitores precisam ser capazes de ler o seu livro digital. Isso exigirá o Adobe Reader ou de um leitor de documentos (seja ele qual for). Nem todos os leitores de ebooks aceitam baixar arquivos ePUB ou PDF de qualquer site.

Plataformas de publicação online

As empresas de publicação online mais populares são:

Todas essas empresas têm seus próprios leitores de ebooks e diversas lojas online.

O software de publicação em cada plataforma irá converter automaticamente um documento do Word (na maioria dos casos) ou a versão ePUB (já convertida) do seu manuscrito para o formato que pode ser lido em seus dispositivos.

Não há custos iniciais para os autores, mas o ebook será vendido exclusivamente através dessas lojas online para clientes com esses dispositivos de leitura de ebook (de cada empresa).

Todas estas plataformas fornecem aos autores a capacidade de alterar os preços, criar ou alterar as capas e, até mesmo, o documento original. Em poucas horas seu ebook estará à venda.

Kindle Direct Publishing (Amazon)

Principais benefícios do Kindle Direct Publishing KDP

  • Alcance global: seu ebook irá aparecer nas lojas Kindle, da Amazon os Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, França, Espanha, México, Japão, Brasil, Canadá, Itália, Holanda, Índia e Austrália e vendidos em todo o mundo. Proprietários de dispositivos ou aplicativos de leitura Kindle poderão acessar a Kindle Store diretamente de seus leitores Kindle ou através da web;
  • Suporte para autores: o KDP tem um site muito abrangente, com informações detalhadas sobre todos os aspectos do processo de publicação e a comunidade KDP também oferece suporte aos autores e editores do Kindle. Você também pode encontrar muitos tutoriais online sobre como utilizar a plataforma. Além disso o KDP fornece widgets para carregar em seu site ou blog e ferramentas de promoção e apoio para os autores;
  • Central de Autores da Amazon: este é um recurso muito útil. Quando você publica em cada um dos sites da Amazon você pode criar sua própria página do autor e usar isto como uma grande ferramenta promocional. Sua página da Central do Autor é onde você pode adicionar comentários editoriais ao seu livro e informações adicionais, imagens e outras informações que irão atrair os leitores para seu livro;
  • Popularidade com leitores: a Amazon é o site mais conhecido quando o assunto é comprar ebooks e é, de longe, o maior mercado eletrônico para ebooks. Muitos leitores utilizam a Amazon como o primeiro lugar em que procuram;
  • Você não precisa comprar um ISBN: a Amazon atribui um ASIN a cada livro publicado através do KPD. O ASIN é número de código próprio que eles usam para acompanhar as estatísticas do seu ebook;
  • Preços competitivos: os royalties pagos aos autores por cada ebook vendido depende do preço de listagem e em qual em mercado você o está vendendo. Mas o KDP opera basicamente em duas bandas de preços com respectivos royalties: 35% ou 70%;
  • Painel de controle fácil de usar: é possível acompanhar as informações de vendas de todos os livros que você publicar através do KDP em todos os mercados espalhados pelo mundo (diariamente) e baixar planilhas de relatório com dados históricos;
  • Os leitores podem optar por usar o recurso “Dê uma olhada”, ou seja, podem baixar uma amostra grátis do ebook (normalmente 10% do texto).

plataformas de vendas de ebooks

Desvantagens do uso do Kindle Direct Publishing (KDP)

  • Formatação Kindle: seu livro será convertido para um formato compatível com o Kindle. Este formato pode ser lido exclusivamente nos dispositivos de leitura Kindle da Amazon, dispositivos baseados na web e nos aplicativos de leitura do Kindle para Android, iPad, iPhone , iPod touch, Windows Phone, PC e Mac. Mas o formato utilizado pela maioria dos outros fabricantes de dispositivos é o ePUB, o que significa que se você quiser atingir todos os leitores você também precisará publicar o seu ebook no formato ePUB em outras plataformas de publicação;
  • O KDP é uma plataforma de autor (não é um serviço de publicação). Você vai precisar ter uma capa para seu ebook e um documento devidamente formatado já pronto para carregar no sistema;
  • Se você quiser mudar o texto do seu manuscrito ou alterar os detalhes do ebook (tais como o preço), então você terá que carregar um novo documento e convertê-lo, o que pode levar várias horas;
  • O Amazon KDP cobra uma taxa de entrega sobre os ebook vendidos (quando a opção de royalties escolhida for a de 70%). Esta taxa de entrega toma por base o tamanho do arquivo do seu ebook. Isso pode ser um problema se você tem muitas imagens de alta qualidade em seu ebook.

KOBO

A Kobo se expandiu muito rapidamente e atualmente possui cerca de 12 milhões de leitores em 190 países e um catálogo com mais de 4 milhões de ebooks.

A Kobo criou a plataforma Kobo Writing Life para permitir que autores independentes publiquem seus livros digitais e os tenham distribuídos através das livrarias Kobo em todo o mundo.

O arquivo criado será convertido em um ePUB que pode ser lido em computadores de mesa, smartphonestablets (exceto em um Kindle).

Kobo

Principais Benefícios da Kobo Writing Life:

  • Alcance global: a Kobo distribui o seu ebook para as lojas de vários varejistas de livros eletrônicos em todo o mundo. Através da distribuição da Kobo seu ebook também vai chegar à Livraria Cultura no Brasil, à FNAC na França e em Portugal, Angus & Robertson na Austrália, Bookworld na Austrália, Indigo no Canadá, Collins na Austrália, Feltrinelli na Itália, Libris na Holanda, Rakuten no Japão, Buy.com (agora Rakuten) nos Estados Unidos. Além dos clientes Sony eBook;
  • Suporte para autores: o Kobo Writing Life torna muito fácil o processo de carregar a capa e seu ebook. Além disso, deixa o seu ebook acessível nas livrarias Kobo em todo o mundo;
  • Preços competitivos, taxas e relatórios de vendas transparentes. A Kobo paga royalties de 70% sobre ebooks com preços entre US$ 1,99 e US$ 12,99, e royalties de 45% para ebooks com preços inferiores a US$ 1,99 ou acima de US$ 12,99;
  • Você pode editar seu ebook online sem ter que carregar um novo arquivo.

Desvantagens da Kobo Writing Life

  • É melhor criar uma versão em formato ePUB do seu livro antes de fazer o upload;
  • A Kobo está em expansão, mas ainda não tem o alcance global da Amazon.

Agregadores

O enorme aumento no número de autores independentes que reconhecem que a auto-publicação é uma opção ideal para suas obras levou à formação de literalmente centenas de empresas de produção de ebooks.

Essas empresas podem ser divididas em 2 tipos principais:

  • Agregadores e
  • Serviços de Edição sob Demanda.

Agregadores e distribuidores

A boa notícia é que você não tem que publicar o seu ebook em cada uma das plataformas de publicação e livrarias online individualmente. Em vez disso você pode usar os serviços de um agregador de ebooks para distribuir seu livro digital para um grande número de lojas online.

Um agregador pode, portanto, poupar tempo e a maioria vai converter o documento em um formato ePUB que as lojas online geralmente aceitam.

São empresas comerciais que:

  • cobram uma comissão sobre sua taxa de royalties para cada ebook que você vender. Essas empresas formatam e convertem o seu livro em um ePUB e depois o distribuem, ou
  • você paga à empresa para formatar e processar o seu ebook antes de carregá-lo às lojas de varejo. Isso pode ser muito rentável se você espera vender um grande número de cópias de seu livro e prefere pagar uma taxa antecipadamente (ao contrário de pagar uma taxa de comissão por cada livro vendido).

Smashwords é um bom exemplo do que você pode esperar se usar esse método de distribuição.

Smashwords

Principais benefícios da Smashwords

  • A Smashwords fornece um sistema de gerenciamento centralizado. Você só precisa adicionar a descrição do livro e, em seguida, carregar o arquivo ePUB uma vez e ele será distribuído a todas as principais livrarias online espalhadas pela Internet;
  • Você pode escolher as principais livrarias através das quais você deseja que o seu ebook seja vendido;
  • A Smashwords tem sua própria livraria que paga os mais altos royalties;
  • A Smashwords está sempre à procura de novas maneiras de distribuir ebooks e, recentemente, assinou contrato de parceria com as empresas de subscrição eBook Oyster e Scribd;
  • Alcance global: de acordo com o site da Smashwords: “Quando o seu ebook é aceito no catálogo da empresa, ele é distribuído automaticamente para grandes varejistas online. Através da distribuição via Smashwords seus ebooks também vão chegar à Livraria Cultura no Brasil, às lojas Kobo em todo o mundo, à WH Smith (no Reino Unido), FNAC em França e Portugal, a Angus & Robertson, Collins e à Bookworld na Austrália, à Indigo no Canadá, Feltrinelli em Itália, Libris na Holanda, Rakuten no Japão, Buy.com (agora Rakuten) nos EUA. Além disso, na Apple (distribuição em 51 países), Barnes & Noble (EUA e Reino Unido), Sony, Flipkart (a maior livraria online da Índia) e outros pontos de distribuição”;
  • Suporte para autores: a Smashwords tem instruções abrangentes sobre como formatar o seu documento para que ele possa ser validado como apropriado para inserção no catálogo da empresa e, portanto, elegível para distribuição;
  • Não há taxa inicial e nenhum custo para entregar o seu ebook aos leitores. A Smashwords ganha através das comissões sobre as vendas;
  • Possui relatórios de vendas abrangentes que fornecem acompanhamento detalhado de suas vendas em cada varejista online.

Desvantagens da Smashwords

  • É necessário possuir um ISBN para a distribuição às lojas da Apple e Sony. Mas a Smashwords irá fornecer-lhe um dos seus ISBN’s gratuitos. Porém, isso identificará a Smashwords como o editor do seu ebook nestes sites. Nem todo mundo gosta da ideia, mas o ISBN é gratuito;
  • Você deve adicionar uma referência ao fato de que o ebook foi distribuído usando a Smashwords na página copyright do ebooks. Além disso, deve remover (ou não inserir) quaisquer referências a outros ebooks de sua autoria (se for o caso);
  • A Smashwords tem um complexo sistema de pagamentos de royalties que varia dependendo de onde o seu ebook for vendido. Por exemplo, a Smashwords paga um royalty de 85% sobre os rendimentos das vendas líquidas para as vendas através da loja da própria Smashwords. Mas pagará apenas 60% do preço quando o seu ebook for vendido na Apple, Barnes & Noble e lojas da Sony. Para ebooks vendidos através da Kobo os royalties também são de 60% (para preços entre US$0,99 e US$ 12,99). As vendas realizadas na Kobo em outras moedas renderão a você apenas 38%, o que é muito baixo.



Comente