5 ferramentas úteis para escrever e gerenciar ebooks

(Atualizado em: 29 de agosto de 2017)

Nesta postagem revisamos as melhores ferramentas de edição, redação e conversão de ebooks atualmente disponíveis no mercado.

Algumas praticamente proporcionam uma primeira ideia para a composição de seu livro digital; outras importam seu manuscrito e o transformam num lindo ebook.

As as pessoas têm diferentes necessidades e há muitas razões pelas quais você pode querer buscar uma alternativa para essas ferramentas.

O que é mais importante para você:

  • facilidade de uso ou número de opções?
  • você precisa de algum lugar para escrever e editar o texto, ou apenas importá-lo de um arquivo do Word?

Jutoh

Preço: avaliação limitada gratuita ou US$ 39 (básico), US$ 80 (mais opções)
Plataforma: Windows, MacOS, Linux, Raspberry Pi
Formatos de saída: PDF, ePUB, Mobi, HTML

Embora a interface do usuário pareça pouco atraente, rapidamente me apaixonei pelo Jutoh: ela cria arquivos ePUB e mobi incrivelmente limpos.

A função “Limpeza de documentos” é muito útil: ela oferece a remoção de todos os códigos desnecessários provenientes dos editores de texto (guias, quebras de linha, etc.) Além disso, o Jutoh só permite converter seu livro quando tudo está em ordem.

Vale a pena comprar o Jutoh.

Prós: livros eletrônicos limpos e sem problemas de importação de praticamente todos os tipos de documentos.

Contras: existem apenas vantagens. Esta é uma alternativa paga perfeita para o Sigil.

EBook Maestro

Preço: grátis ou US$ 19.95
Plataforma: Windows
Formatos de saída: HTML, .exe

À primeira vista, com o site usando telas de impressão claramente do Windows XP (que foi lançado há 15 anos) e usando uma terminologia desatualizada, esta ferramenta não parece a melhor escolha para as necessidades de criação de ebook.

No entanto, tem uma interface de usuário surpreendentemente clara que orienta você através da criação de seu livro. Como resultado, a eBook Maestro é ótimo se você deseja vender seu livro em seu site e que as pessoas paguem por isso.

Prós: Facilidade de uso, ótimas maneiras de rentabilizar seu livro.

Contras: tecnologia desatualizada, sem saída ePUB ou Mobi.

Calibre

Preço: gratuito e de fonte aberta
Plataforma: Windows, macos, Linux, portátil
Formatos de saída: PDF, ePUB, Mobi

O Calibre é o software de gerenciador de ebooks mais popular já criado e é o meu favorito.

É mais conhecido como um gerenciador de biblioteca de ebooks:

  • ele lida com todos os formatos de entrada e saída;
  • pode enviar seus livros para o seu leitor com ou sem fio;
  • permite editar facilmente metadados;
  • é ótimo para listar seus ebooks de acordo com informações específicas.

Se você é como eu e tem uma biblioteca composta de milhares de livros, ou um Kindle, um Nook e um tablet, o Calibre faz um ótimo trabalho em segundo plano e envia o formato certo para o dispositivo certo, sem perguntas.

Também é ótimo como um conversor de ebook para uso pessoal, ou se você gostaria de enviar seus ebooks para seus amigos.

Atenção: os códigos que o Calibre cria são desordenados e as lojas (como a Amazon) não gostam muito dele. Ebooks criados com o Calibre geralmente falham na validação.

Prós: é grátis e incrível para todas as suas necessidades de conversão.

Contras: cria código desordenado, as lojas não o aceitam.




Scrivener

Preço: avaliação gratuita de 30 dias, US$ 19,99 (para iOS), US$ 40,00 (para Windows), US$ 45,00 (para Mac)
Plataforma: Windows, OS X, iOS
Formatos de saída: PDF, ePUB, Mobi, HTML etc.

O Scrivener é o maior editor de texto já feito.

É muito complicado escrever textos longos e complexos como um documento do Word. Se você quiser mudar ou verificar algo mais tarde, é quase impossível encontrar o lugar certo.

O Scrivener foi criado para a compilação de projetos complexos: livros, artigos de pesquisa ou roteiros.

Se seu livro tem milhões de notas de rodapé e notas finais, trabalha com milhares de referências ou apenas gostaria de ver suas histórias em pequenas janelas, então o Scrivener é ideal para você.

Prós: editor de texto do tipo (o que você vê é o que você obtém), barato (taxa única), incrível para trabalhar em projetos longos e complexos e exportá-los para qualquer formato que você quiser. O Scrivener é o melhor amigo do escritor.

Contras: opções de colaboração limitada (seus colaboradores só podem editar o texto se estiverem usando o Scrivener). Não há interface online que facilite o compartilhamento. Além disso, o Scrivener também é muito complexo e leva algum tempo para aprender a usar.

Scribus

Preço: grátis
Plataforma: Windows, MacOS, Linux e mais
Formatos de saída: PDF

O Scribus é uma alternativa gratuita ao InDesign, o ótimo (e caro) software de editoração eletrônica da Adobe.

O Scribus permite que você crie visuais deslumbrantes para impressão (como no InDesign).

A interface do usuário leva um tempo para se acostumar, mas apenas devido às incríveis opções de personalização. A único ponto negativo é que o Scribus não é exportado para ePUB. Enquanto o InDesign possui ePUB como uma opção de saída (por mais desordenada que seja), ao usar o Scribus você precisa compilar plugins extras para fazer isso por você ou procurar um software de terceiros.

Tenha em mente que converter PDFs em ePUBs geralmente falha.

Prós: é grátis e ótimo para projetos maiores, como livros, se você pretende imprimir.

Contras: este não é um conversor de ebook (pelo menos ainda não).

Resumo
5 ferramentas úteis para escrever ebooks
Título do Artigo
5 ferramentas úteis para escrever ebooks
Descrição
Nesta postagem revisamos as melhores ferramentas de edição, redação e conversão atualmente disponíveis no mercado.
Autor
Nome do editor
Como Publicar eBooks

Comente