Entrevista com o autor Marcos Giansante

Entrevista com Marcos Giansante, autor de “Os jardins da casa de Deus”.

1) Conte-nos algo sobre o(s) seu(s) livro(s). Do que se trata?
Narrativa em um formato pouco usual, sobre um vilarejo fictício no sul dos Estados Unidos (Carolina do Norte) chamado Verna que abriga uma comunidade negra. Percorre três gerações (final do século XIX até metade Sec XX), tendo como elemento de união o personagem do pastor B. Apesar do título, não é um livro religioso. Trata a religião como parte da natureza humana. Segregação racial, luta por direitos civis, intolerância, Jazz, Blues…

2) O que o levou a escrever este livro em particular?
Difícil definir o que conduz a uma escolha como esta. 90% alma e instinto. 10% podemos creditar ao contato e admiração pela a música americana deste período e identificação pessoal com a trajetória inspiradora da estruturação dos direitos civis na América do Norte.

3) Qual é o seu regime de escrita ou composição?
Sou médico cirurgião tempo integral e escrevo nos intervalos possíveis de forma bastante irregular. Mas isto não significa que tenho pouco tempo para escrever. A possibilidade da escrita digital permite utilizar mínimos intervalos do dia utilizando editores de texto compartilhados (Pages) em diversos aparelhos, inclusive no celular.

4) Quais são suas maiores influências de escrita?
Tenho o hábito da leitura desde muito jovem e isto transforma a definição das minhas influências um mistério indecifrável. Não vou aborrecer os leitores com uma lista grande. Três nomes parecem representar uma lógica neste momento: Mark Twain, Charles Dickens e Eça de Queiroz.

5) Como você chegou à auto-publicação na Amazon? Você tentou publicar seu livro tradicionalmente?
Já tenho livro publicado por editora convencional. É uma experiência válida, porém cara e muito solitária. Uma editora é um prédio repleto de profissionais frios e apressados, pressionados por metas e custos. Por incrível que pareça, a plataforma digital é mais próxima e acolhedora.

6) Satisfeito com a Amazon?
Muito satisfeito com a Amazon.

7) Você pensa em autopublicar outro ebook na Amazon?
Sim, é muito provável.

8) Quais conselhos para quem quer se aventurar na autopublicação?
Autopublicar significa utilizar a estrutura de uma plataforma digital. Não significa centralizar todo processo em você fazendo tudo sozinho e com baixa qualidade.Livro de Marcos Giansante

Assim como uma editora convencional, você deve procurar auxílio de prestadores de serviço como revisores, especialistas em diagramação, profissionais de computação que podem te auxiliar na preparação do seu texto e encaixa-lo na plataforma plataforma digital com ferramentas mais difíceis para o cidadão comum (por exemplo Mobi, epub).

As escolas e universidades brasileiras possuem inúmeros profissionais graduados e pós graduados em literatura e língua portuguesa que podem te ajudar na forma de freelancer, com um custo muito acessível e uma dedicação e boa vontade que te deixarão surpresos. São profissionais de alto nível que estão fora das estruturas medievais das editoras. Me parece ser esse o caminho futura para todas as publicações.

9) Qual é o próximo passo no seu horizonte como um autor independente?
Escrever meu próximo livro.

10) O que você aprendeu ao longo do processo de publicação especificamente na Amazon? Alguma surpresa, dificuldade?
Surpresas sempre positivas e dificuldades superáveis com uma resposta sempre rápida e eficiente da plataforma

Detalhes do ebook:

Título: Os jardins da casa de Deus
Autor: Marcos Giansante
www.amazon.com.br/dp/B075C3LCGM
Formato: eBook Kindle
Tamanho do arquivo: 325 KB
Número de páginas: 176
Idioma: Português
Leitor de tela: Compatível
Configuração de fonte: Habilitado

 

Resumo
Entrevista com o autor Marcos Giansante
Título do Artigo
Entrevista com o autor Marcos Giansante
Descrição
Entrevista com Marcos Giansante, autor de "Os jardins da casa de Deus".
Autor
Nome do editor
Como Publicar eBooks na Amazon

Comente